Por Edite Moresco

“Que alegria quando me disseram: vamos a casa do senhor” (cf. Sl 121,1)

Se pudéssemos encontrar os primeiros moradores que aqui chegaram e construíram com muito sacrifício essa belíssima capela a mais de 100 anos atrás, com toda certeza eles estariam orgulhosos com a continuidade que estamos dando, tornando a capela cada vez mais bela.

Ao se passar pela estrada geral, é notável a beleza que a capela exibe, ao se aproximar dele tem-se a certeza de que se encontra ali um lugar acolhedor. Hoje temos o prazer de encontrá-la com a pintura toda restaurada em tons azuis e branco e o conforto dos novos bancos. Desta forma, com este ambiente nos preparamos para receber aqueles que vem em busca de um lugar para fazer sua oração ou apenas para silenciar em seu íntimo.

Não podemos deixar de destacar o quanto nossa comunidade é unida, e é desta maneira que as coisas se fortalecem e se tornam possíveis. Por este motivo temos a certeza de que vivemos em um lugar abençoado e cercado pelas dádivas de Deus. E nós que aqui, hoje, estamos possamos ter sempre em mente que é preciso cuidar da casa do Pai, e que jamais deixemos de ter fé em Deus e amor no coração para servir os nossos irmãos, e poder celebrar a vida com alegria na casa de Deus.

Que o Santo Anjo da Guarda nos proteja e nos ilumine sempre. Amém.

 

Comente