Mauro A. Costa

A Palavra de Deus, fonte de fé vida da família! Esse foi o terceiro tema de formação para pais, mães e responsáveis pelos (as) catequizandos (as) que pretendem iniciar a catequese em agosto deste ano. Animado por agentes da Pastoral da Família, o encontro foi dividido em três partes e, em cada uma delas, um casal animava o encontro com cantos – excelente exemplo!

Na primeira, abordou-se a Palavra de Deus na vida da família. Para tanto, a temática foi desenvolvida a partir de testemunho de vida, meditação da Parábola do Semeador em pequenos grupos e partilha com todos os participantes. Um momento muito rico onde se pode verificar que muitos familiares estão compreendendo o quanto é vital para a família a escuta da Palavra de Deus.

Na segunda parte, também por meio de testemunho de vida, lembrou-se a todos os participantes dos bons exemplos de pais, mães, avós e tanto outros familiares que, de uma forma ou de outra, tornaram-se educadores de nossa fé. Fora visível as reações positivas e de concordância por parte dos participantes nesse particular, o que vem de encontro ao novo modelo de iniciação à vida cristã, ou seja, a inserção da família na catequese.  

No terceiro momento, enfatizou-se os caminhos de vida na formação familiar, a começar pelo início do matrimônio. Nesse momento, destacou-se a importância na vida matrimonial o diálogo, as concessões e o apoio mútuo entre os cônjuges. Tudo isso, envolto no espírito de fé e compromisso cristão.

Os participantes se envolveram com o encontro formativo a todo momento, especialmente quando da partilha. Percebeu-se que essa formação, como as demais, tem despertado a consciência responsável dos familiares para com a educação da fé de seus filhos e filhas. Aquela época em que os familiares deixavam o catequizando “nas mãos” dos catequistas e jamais se importavam com a educação da fé deles, acabou. Agora a formação não apenas precede o início da catequese, mas, sobretudo, compromete os familiares em todo o tempo da catequese.

Comente