Seminarista Thomas Silva Vilas Boas

No último domingo, Nossa Senhora do Rosário foi festejada em Trombudo (NT), com a celebração da missa festiva às 10h. Tivemos a reabertura da capela que estava fechada para obras. Com a corte da faixa, os visitantes e membros da comunidade puderam entrar na capela que passou por um completo processo de reforma.

Durante a celebração Eucarística, presidida pelo nosso Pároco, Pe. Roberto J. Gottardo, SJ, aconteceu os ritos de benção do Ambão e do Altar, ambos novos e de acordo com as normas litúrgicas. A missa em honra à Nossa Senhora do Rosário e de reinauguração da capela foi marcada pela alegria e pelo encantamento dos fiéis pelo bom gosto e pela beleza do novo espaço litúrgico. No início da celebração a assembleia foi aspergida e, antes da proclamação das leituras, aconteceu o rito de benção do novo Ambão, este móvel de suma importância na igreja, nos recorda que Cristo nunca deixa de nos iluminar e guiar por meio de sua Palavra. Outro momento marcante da celebração foi a benção do Altar, como nos recorda o ritual de bênçãos, por meio do Altar Deus Pai nos reúne para recordar o sacrifício redentor de Cristo na Cruz, desta forma, para nós, cristãos católicos, o Altar é mais do que uma mesa, é símbolo da unidade entre Cristo e a Igreja, e recorda ainda a doação incondicional de Cristo na cruz.

Ao fim da celebração, que por si só foi uma bela ação de graças à Deus, o CPC da comunidade, por meio de sua vice coordenadora Kleia Crechinski, fez os devidos agradecimentos a todas as pessoas que se envolveram na festa e na reforma da capela, vale ressaltar alguns nomes e/ou grupos diretamente envolvidos na reforma da capela e da sacristia. De forma especial aos membros dos antigos CPCs que deram condições para que a obra acontecesse: ao Otmar Eccher, pedreiro responsável pela execução da obra; a atual coordenação da comunidade que não mediu esforços para o feito; as empresas e benfeitores que doaram materiais para reforma; e, a toda comunidade que contribuiu para que o sonho fosse realizado. Vale ressaltar ainda que a reforma também ocorreu no banheiro na da parte anexa à capela que deu origem a uma nova sacristia e sala de catequese. Depois da missa a festa continuou com almoço, serviço de bar e cozinha e baile.

Tais acontecimentos expressam a vivacidade do evangelho e de Cristo no meio da Igreja e no mundo, vale recordar a oração da benção do Altar que diz: “Aproximando-nos de Cristo, a pedra viva, nele cresçamos qual templo santo, e sobre o altar do coração, possamos oferecer uma vida santa como sacrifício agradável…”.  À comunidade de Nossa Senhora do Rosário a nossa gratidão pela belíssima obra realizada, e as nossas preces para que a reforma material leve os fiéis a uma verdadeira vivência da fé. Afinal que adianta ter uma capela linda se a vida religiosa for feia e atrofiada!?

Que Nossa Senhora do Rosário, exemplo de fé viva e de incansável serviço nos abençoe, e seja sempre uma fonte de inspiração para todos os cristãos.

 

Comente