&nbsp,

SÃO VIRGÍLIO E A VOCAÇÃO À SANTIDADE.

TU ÉS O MESSIAS, O FILHO DO DEUS VIVO” (Mt 16,16)

Mauro A. Costa

O último dia da festa da paróquia ocorreu em clima de solenidade litúrgica e almoço com os festeiros, as madrinhas e os padrinhos do padroeiro São Virgílio. No Domingo, Dia do Senhor, as famílias se fizeram presentes na Celebração Eucarística, com o destaque, sobretudo, para as comunidades da Paróquia. Cada qual trouxe uma bandeira com o nome de seu padroeiro, que a puseram no presbitério logo após a procissão de entrada. Essa não apenas foi linda, mas foi expressiva da comunidade paroquial. Afinal, essa celebração estava prevista em honra do padroeiro e contou com de todas as comunidades. O tema do dia foi São Virgílio e a vocação à santidade, e o lema foi “Tu és o Messias, o Filho do Deus vivo” (Mt 16,16).

Com a presença de dois noviços jesuítas, além dos seminaristas da Arquidiocese, o presidente da Celebração, Pe. Gottardo, colheu a todos e frisou o pensamento central da celebração, a dimensão profética da santidade e do serviço a Deus. Ora, como a liturgia do Domingo celebrava a solenidade de São Pedro e São Paulo, dois grandes apóstolos e mártires – e porque não dizer, profetas – o Pe. Gottardo pautou a homilia em defesa da comunidade (Povo de Deus, Igreja, Paróquia) contra as artimanhas do demônio que inspira nas pessoas os pensamentos, as palavra e as ações de destruição, divisões, morte e tantas outras desgraças, tudo para destruir a Igreja, querida e amada por Deus. Acrescentou o exemplo vocacional de São Virgílio que respondeu sim ao Projeto Deus, a ponto de entregar a sua vida, ele morreu mártir – por meio de pedradas – em defesa da fé cristã católica e do Reino de Deus. Exortou a assembleia litúrgica a permanecer em alerta contra os ataques diabólicos contra a Igreja, que fora fundada por Jesus Cristo, edificada sobre Pedro, o primeiro Papa.

Após a Celebração, o povo se dirigiu ao salão paroquial para os festejos populares. Destaca-se, nesse último dia da festa da paróquia, o almoço dos festeiros. Foi perceptível a presença das famílias nesse almoço. Um ambiente acolhedor e fraterno para as famílias da comunidade que além de saborear o excelente espeto corrido, puderam ajudar a paróquia. Deus seja louvado por esse gesto solidário e generoso dessas famílias.

A festa da paróquia se estendeu tarde a dentro e foi finalizada, aos poucos, a partir das 20h. Há de se registrar desde já a presença maciça de pessoas abnegadas, generosas e dedicadas que serviram na festa da nossa paróquia. A começar pela festa litúrgica, com as celebrações na igreja matriz, pessoas liturgia, na animação dos cantos, na ornamentação para as celebrações, registra-se ainda a equipe de coroinhas, os ministros da Eucaristia, dentre outras. A festa litúrgica foi excelente. Também a festa popular se via pessoas na administração/organização, pessoas recolhendo pratos e talheres, pessoas nas barracas, pessoas na roleta, pessoas no bingo, pessoas na cozinha, enfim, pessoas que serviram! Tenhamos certeza que Deus lhes concederá o reconhecimento, cumulando-as de bênçãos e graças!

Louvado seja Deus! E que tudo seja para a maior glória de Deus!

Cesta com os nomes dos Padrinhos e Madrinhas de São Virgílio.

Banda Musical Pe. Sabbatini abrilhantando a festa.

&nbsp,

Comente