Por Rosimara Bernhardt

 class=No último fim de semana, a comunidade do Imaculado Coração de Maria (Morro da Onça), se reuniu para celebrar a festa da sua Padroeira. Normalmente na Igreja celebramos a festa do Imaculado Coração de Maria no dia após a Solenidade do Sagrado Coração de Jesus, a fim de mostrar que estes dois corações são inseparáveis, mas por razões pastorais a festa foi celebrada nos dias 14 e 15 de julho.

No domingo (15), às 10 horas, ocorreu a missa festiva presidida pelo nosso class= pároco, Pe. Roberto J. Gottardo,SJ, que, logo no início da celebração, lembrou a todos ser impossível separar o amor de Jesus e de Maria, pois é desse amor que brotam torrentes de graças.

O Coração Imaculado de Maria é o canal de todas as preces que chegam ao seu Divino Filho e o caminho de todas as graças que recebemos, Ela reza conosco e por nós; assim a eficácia das nossas preces conta com a intercessão da Mãe de Deus, nunca indiferente às súplicas dos filhos/as.

 class=No início da homilia Pe. Gottardo pediu a Sra. Luiza Cipriani Franzoi que partilhasse com a assembleia algo sobre a saúde da filha Niomar (está lutando tenazmente contra um câncer no pâncreas). Sempre foi uma presença diferenciada na festa da comunidade, mas desta vez não pode comparecer. Dona Luiza, mulher de fé, suplicou as orações de todos, reconhecendo que ela é filha (“kika”), mas ela é de Deus.

Pe. Roberto em sua reflexão a partir da leituras do 15º domingo comum falou-nos que Deus chama e envia os profetas para perturbar a “ordem” e sacudir as consciências adormecidas, sendo a principal função deles denunciar o que não serve para construir o Reino de Deus e anunciar as maravilhas de Deus. Hoje, o mundo e a própria Igreja carecem de class= profetas valentes e destemidos, a exemplo do profeta Amós. Religião não é pasmaceira. Vitor Hugo lembrava há muito tempo que “quem poupa o lobo sacrifica as ovelhas”.

Falou-nos também que precisamos ser “terra boa” para absorver e deixar que o Evangelho produza efeito em nossas vidas. Se existem famílias desmanteladas e tanta gente infeliz, comunidades eclesiais chochas e sem vida é porque está faltando a força e o sabor do “evangelho vivo”. Um modo excelente de profetizar é ser presença (“sal” e “luz”) vida Ressureição no  class=mundo e adotar o estilo de vida de Jesus como critério para uma vida sensata e feliz.

Antes da bênção, a nova ministra da Palavra e da Eucaristia, Sra. Neide Bastiani Motta, instituída no último dia 29/06, foi apresentada à comunidade. Ela e Ariel (CPC) agradeceram a presença/participação de todos nos festejos, aproveitando também o ensejo para convidar os presentes para o delicioso almoço servido após a missa.

Evviva la Madonna!

Comente