Por Enelita Tomasoni Medeiros

Ainda sob o efeito transformador da experiência missionária relato um pouquinho do que foi para nós, missionários da Paróquia São Virgílio, estar na comunidade de Ponta Fina Sul, no último sábado (20). O dia amanheceu ensolarado e nós cheios de expectativas… Sabíamos da importância de encararmos o desafio de sermos missionários.

Não é fácil sair da zona de conforto! Sob a orientação do nosso Pároco, Pe. Roberto, resolvemos pôr o pé na estrada. Sentimo-nos privilegiados e agraciados pro Deus. E como teríamos gostado se mais pessoas tivessem participado da empreitada!

Após o envio de Pe. Roberto saímos cheios de alegria para falar, testemunhar e partilhar o amor de Jesus para com seu povo. À medida que avançávamos pelas ruas e íamos sendo recebidos nas casas pelas famílias sentíamos a força (mística) de Deus que ia adiante de nós. Nosso objetivo era levar a palavra transformadora do Evangelho às famílias que visitávamos, lembrando-lhes da promessa do Ressuscitado: “Eis que estarei convosco todos os dias até o fim do mundo” (cf. Mt 28,20).

Em nome do grupo, agradeço a todas as famílias que abriram as portas de suas casas para nós, ao CPC da comunidade de São Cristóvão pelo apoio, pelas refeições, lanches, etc. Foi bom demais. No próximo sábado (27) tem mais. Vamos visitar as famílias de Santo Antonin (Ponta Fina Norte).

Comente