“Cantai ao Senhor um cântico novo, porque ele operou maravilhas.”
(Sl. 97,1)

 

A música é uma das mais antigas formas de louvor e adoração. Esse ministério bendito aparece ainda nos tempos remotos, desde a época do rei Davi:  “Davi e toda a casa de Israel dançavam com todo o entusiasmo diante do Senhor e cantavam acompanhados de harpa, cítaras, tamborins, sistros e címbalos (2sm 6,5)”.  Cantar é louvar a Deus, é engrandecer, através da arte, as suas maravilhas.

A música é tão importante que um livro inteiro do cânone sagrado, o dos Salmos, é composto por cânticos. Ela é parte essencial de toda a liturgia católica, de forma que assume para nós um caráter ministerial. Aqueles chamados a servir Deus cantando nas celebrações exercem um papel preponderante, ajudando toda a assembleia de fieis a melhor participar e se integrar nos mistérios celebrados.

Para melhor organizar o ministério de música, há, em nossa comunidade, uma equipe de coordenação atuando constantemente junto aos cantores. A coordenação do ministério de música é pautada pelos seguintes valores:

  • O desejo de louvar a Deus através de cantos que correspondam à liturgia celebrada.
  • O esforço em animar a comunidade, facilitando, através do ritmo e das letras bem construídas, a aproximação com o Sagrado.
  • O empenho em promover e ensinar o sentido das músicas litúrgicas, de forma que elas sejam aproveitadas da melhor forma possível.

 

A coordenação do ministério de música atua nas seguintes esferas de nossa paróquia:

  • Organizando os grupos de música e cantores que atuarão em cada missa.
  • Fazendo oferecer aulas aos interessados em desenvolver o chamado a esse ministério.
  • Oferecendo, anualmente, o curso de canto pastoral e formação litúrgica.
  • Oferecendo, anualmente, o estudo de apostilas com cantos para os tempos da quaresma e páscoa, e do advento e natal.

 

Luiz Mayer(48) 99991 6095
Rosita Tidapalli(48) 99117 4898
Rosimara

 

Contam-nos as antigas histórias que santa Cecília, uma jovem romana de família nobre, aprendeu logo cedo a arte da música, da filosofia e também as sagradas escrituras. Sua pureza era tanta que tinha o dom de enxergar o seu próprio anjo da guarda, constantemente próximo a ela.

Santa Cecília acabou martirizada por amor a Cristo. Além de dominar a arte da música, toda a sua vida foi um louvor legítimo e profundo a Deus, o que a fez ser reconhecida como padroeira e especial protetora de todos aqueles que se dedicam ao canto e a música sagrados. Em nossa paróquia, o ministério de música faz dela a sua patronesse, buscando imitar a sua vocação de louvar e servir a Deus através do dom da música.