“E disse-lhes: “Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura.””  (Mc 16,15)

 

O cristianismo, desde os seus primórdios, se caracterizou pelo anúncio. A própria palavra Evangelho significa, em tradução literal, Boa Nova – boa notícia. A Verdade salvífica urge ser anunciada a todos os povos. Nesse sentido, a pastoral da comunicação tem por objetivo primário comunicar, isto é, levar a mensagem de Jesus às pessoas. Para que isso ocorra da melhor forma possível, é necessário e imperativo usar de todos os meios que nos são viáveis- seja a internet,  o rádio, a tv, os jornais etc.

Na paróquia são Virgílio, a PASCOM tem por norte:

  • Aproximar nossa paróquia das redes sociais, ligando-a aos paroquianos de forma ágil, viável e prática.
  • Transmitir, através do site e de nossas mídias, mensagens e textos que eduquem, façam refletir e ajudem a caminhar na fé.
  • Divulgar o maravilhoso trabalho das comunidades, pastorais e coordenações.
  • Conectar-se em oração e comunhão com aqueles que nos acompanham.

 

As áreas de atuação e os projetos realizados atualmente pela PASCOM da paróquia de são Virgílio são:

  • Cobertura de eventos, festas e acontecimentos de nossa paróquia, bem como sua divulgação.
  • Alimentação de nosso site, com artigos, notícias, reflexões e avisos.
  • Manutenção de nossas redes sociais: Instagram, Facebook e Youtube, por onde nossos paroquianos podem interagir conosco.
  • Criação dos programas transmitidos pela paróquia através da rádio 102.02 FM: Prece da Manhã, Hora da Ave Maria e Família Unida num Lar Abençoado.
  • Criação do informativo mensal paroquial, onde publicamos artigos, notícias, receitas, eventos e muito mais.

Jean Bunn (coordenador)(48) 48991452820
Gabriela Franzoi (redatora)
Sem. Thomas Vilas Boas (redator)
Leo Nicolodi (redator)

 

Santos são exemplos para nós, católicos. Constituem modelos que devem ser imitados e seguidos. E a PASCOM da paróquia de são Virgílio é agraciada com dois patronos, que norteiam toda a atuação do grupo em nosso dia a dia:

 SÃO FRANCISCO DE SALES (1567 -1622): São Francisco foi um bispo católico e doutor da Igreja que viveu na Suíça durante os tempos da terrível revolta calvinista, que provocou conflitos sangrentos entre católicos e protestantes. Desde muito cedo demonstrou virtudes e santidade; sua vida consistiu em converter aqueles que se mantinham afastados da Igreja, trazendo-os para os braços misericordiosos de Deus, indo contra a heresia vigente na época que acreditava que todos já estavam predestinados ao Céu ou ao inferno, nada podendo fazer para ir contra o destino que teriam.

Entretanto, são Francisco notou, com grande acerto, que não bastava pregar: era preciso viver o conteúdo do Evangelho, pois pelo exemplo e pelas obras arrastamos muito mais que com palavras. Por isso, mais que anunciar a Boa-Nova, ele pregava a urgente necessidade da conversão e da oração. Seu exemplo permeia toda a atuação da PASCOM. Que desserviço à Igreja é um cristão que depois de descer do púlpito e transmitir sua mensagem, é o primeiro a desobedecer o que pregou!

Foram os grandes escritos de são Francisco de Sales que o tornaram o doutor da Perfeição. Também é considerado pela Igreja como o padroeiro e protetor dor jornalistas e dos escritores.

 

 

VENERÁVEL CARLO ACUTIS (1991 – 2006): O Apóstolo da Internet. Carlo partiu dessa vida em 2006, com apenas 15 anos de idade, depois de uma longa batalha contra o câncer. Seu último desejo? Que seus sofrimentos fossem oferecidos a Deus pela Igreja e pelo papa.

O grande exemplo de Carlo certamente encontra-se na capacidade de Evangelizar naqueles locais inóspitos, onde a ausência de Deus é fortemente sentida. Como todo jovem, ele adorava a tecnologia, sobretudo a internet, que até então estava em ascensão. Entrava em fóruns e sites, onde pregava a necessidade da Eucaristia e o amor que nutria à Virgem santíssima!

O pioneirismo de Carlo é evidente. Ele foi o primeiro a sentir essa necessidade imperativa de evangelizar também através dos cabos e fios da internet, local muitas vezes abandonado. Enquanto muitos católicos, por temer as mazelas dos ambientes virtuais, se afastam apavorados, aquele adolescente foi capaz de enfrentar preconceitos e ódio para exercer seu apostolado.

Carlo é um exemplo para nós, que temos a necessidade imperativa de tornar o ambiente virtual mais fraterno, cristão e acolhedor.