Mauro A. Costa

A reunião do Conselho Paroquial de Pastoral – CPP -, realizado na noite de sexta-feira, 31 de agosto, no salão paroquial, contou com a presença maciça de lideranças de toda a paróquia. Uma prova evidente de que o crescimento da consciência de comunhão na Igreja, em Nova Trento, tem dado passos significativos em vista do fortalecimento comum da missão de discípulos e missionários de Jesus Cristo.

Após a acolhida, realizada pela Coordenadora Paroquial do CPP, sra. Eunice Cadorim Bittencourt, e da oração inicial, animada pelo sr. Mauro Costa e pela sra. Enelita Medeiros, o Pe. Roberto J. Gottardo, SJ, pároco, apresentou um conteúdo relevante para o contexto em que vive os cidadãos brasileiros: a campanha eleitoral 2018.

Usando a cartilha elaborada pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB – em vista do ato democrático de votar, o pároco discorreu sobre o compromisso de votar de forma crítica, cidadã e, sobretudo, cristã no momento em que vive o povo brasileiro. Isso revela, mais uma vez, a inserção e o compromisso da Igreja para com os rumos da sociedade brasileira e da responsabilidade dos batizados diante da vida política.

Por meio de vinte pontos extraídos, sobretudo, da Cartilha da CNBB, e de vídeos – como o do pesquisador Leandro Karnal, que abordou a vitalidade da democracia como sistema social e político -, o Pe. Roberto não apenas apresentou trechos elucidativos desse documento, mas também provocou os participantes para uma reflexão da vida cristã católica, que é inseparável da vida política. Lembrou a todos que a fé jamais pode ficar separada da vida, especialmente nesse contexto da vida política. Usando também outros autores, como Bertolt Brecht, alertou a todos de que o distanciamento do mundo político provoca e fortalece a corrupção daqueles que são chamados “políticos” que, na verdade, seriam servidores do povo – e não usurpadores, ladrões, autoridades e “profissionais da política”. Fortaleceu essa perspectiva crítica quando usou ensinamentos do Papa Francisco, como aquele em que o Sumo Pontífice, lamenta a escassez de católicos no campo político, seja na elaboração de leis como na condução de empresas públicas.

Um trecho que também mexeu com os brios da reflexão das lideranças nessa noite, foi o pensamento de Ghandi, “O que destrói o ser humano? Política sem princípios, prazer sem compromissos, riqueza sem trabalho, sabedoria sem caráter, negócios sem moral, ciência sem humanidade e oração sem caridade”.

Em diálogo com os participantes, o pároco citou fatos que denunciavam práticas corruptas, tanto do eleitor como do candidato a cargo público. O padre estimulou os participantes a falar de práticas maléficas que ainda persistem em épocas de campanha política, como a compra de voto, de favores, de promessas descabidas, etc. Os participantes não apenas concordaram com o que fora dito pelo padre, mas também citaram alguns fatos que ocorrem em Nova Trento.

Ao final, pôs-se à disposição de todos para, se necessário, reapresentar a palestra nas suas comunidades.

Depois desse momento de formação política, outros assuntos foram apresentados, como os informes de eventos eclesiais. O primeiro foi com respeito à Animação Bíblico-Catequético (Catequese), no qual o sr. Mauro Costa apresentou às lideranças nas Comunidades a nova proposta de formação e reunião para os catequistas e familiares de catequizandos. Organizada em quatro núcleos, a todos são oferecidas formação permanente para os catequistas e reunião para os familiares. Nesse sentido, eles não necessitam mais se dirigir à igreja matriz para eventos catequéticos como esses. O Pe. Nelson Knob, vigário paroquial, e diretor espiritual da Catequese, e o coordenador paroquial da Catequese, irão aos núcleos todas as terça-feira para proporcionar esses compromissos.

Em seguida, outros coordenadores também falaram sobre eventos pastorais. As lideranças do CPC da comunidade N. S. de Guadalupe convidaram a todos para ajudar na construção da capela dedicada à Padroeira da América Latina. Logo em seguida, a sra. Eunice solicitou também colaboração para o Santuário N. S. Bom Socorro. A Ir. Andreia, CIIC, lembrou a todos da formação litúrgica do próximo dia 15 de setembro e do Festival Sons e Dons (2ª edição); o primeiro a ser realizado no Salão Paroquial, e o segundo no Santuário Santa Paulina. A liderança do Movimentos de Irmãos, que Coordena a Pastoral do Matrimônio, solicitou a todos que comuniquessem aos noivos que desejam casar na Igreja, que devem participar da preparação para a vida matrimonial – Casamento – dos doze encontros. Além disso, anunciou que a coleta de alimentos para as famílias pobres de nossa comunidade será no dia 6 de outubro, ação essa em colaboração com a Ação Social da Paróquia. No final desse momento, o secretário paroquial, Antônio Bendrot, comunicou que as comunidades que têm vasos sagrados para serem restaurados entreguem-nos na secretaria paroquial.

Para encerrar a reunião do CPP, o Pe. Roberto concedeu uma bênção a todos. Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Que tudo seja feito para a maior Glória de Deus!!!

Comente